sexta-feira, 4 de março de 2016

Farinha de Ossos: Faça em Casa

A farinha de ossos é um fertilizante rico em fósforo, cálcio e magnésio. Sua ação é muito importante para o solo, especialmente para estimular a floração e frutificação das plantas. É um tipo de adubo orgânico muito seguro, pois não queima as plantas.
A farinha de ossos pode ser comprada em casas agropecuárias, mas o produto não é barato. Pequenas quantidades já são suficientes para nutrir o solo, então ao invés de investir na farinha de ossos do mercado, você pode fazê-la em casa.

A que vou ensinar aqui é a que tem o processo mais simples. Para começar, vá juntando ossos de boi, porco... ou se preferir vá ao açougue e consiga uma porção.

Depois, submeta os ossos a altas temperaturas. Pode queimá-los em uma fogueira, mas o uso da churrasqueira para este fim é mais seguro. Os ossos quando são queimados mudam de cor. Eles ficam totalmente pretos, e depois voltam a ficar brancos. Quando voltarem a ficar brancos, significa que calcificaram. 

Deixe os ossos esfriarem naturalmente, de um dia para o outro. Então retire-os da churrasqueira, e verá que estarão quebradiços. Coloque os ossos em um pilão e soque-os até virarem farinha. Depois, armazene em um pote bem fechado. 

Uma colher de sopa deste fertilizante natural misturado na terra de vasos médios já garante a nutrição do solo com fósforo, cálcio e magnésio. 

OBS: Antes de queimar os ossos, limpe completamente a churrasqueira. O sal usado no churrasco é prejudicial as plantas. Mantenha as crianças longe de todo o processo.