segunda-feira, 21 de março de 2016

Germinando Pêssego na Geladeira

Já falamos que a água potencializa a germinação de sementes. Falamos também do aproveitamento de sementes das frutas consumidas em casa. E hoje vou explicar uma nova técnica de germinação, para frutas com caroços mais duros, como o pêssego.

O pessegueiro se desenvolve mais plenamente em regiões de clima mais ameno. Pessegueiros plantados em regiões mais quentes precisam de maiores cuidados e sua frutificação pode ser prejudicada ou diminuída. 

O poder germinativo do caroço ou noz de pêssego é demorado. Uma forma de potencializar a ação é extrair a semente através da quebra da noz, e posteriormente levá-la a câmara fria.

Material: Pêssego maduro e saudável, martelo, copo, água, algodão, plástico.

Passo a passo


  • Descaroce o pêssego.
  • Lave bem o caroço, retirando toda polpa da fruta.
  • Com o uso do martelo, quebre a noz do pêssego, com cuidado para não danificar a semente.
  • Embebeça o algodão na água e coloque-o no fundo do copo.
  • Acomode a semente de pêssego no algodão umedecido.
  • Vede com o plástico.
  • Coloque na geladeira.
Agora é esperar, com paciência. Vez ou outra verifique se o algodão está seco e volte a umedecê-lo borrifando água.

Para que a semente do caroço de pêssego germine, é necessário frio úmido, que pode ser conseguido de maneira natural ou artificial. De maneira natural ocorre no campo mesmo, em regiões frias. Em regiões quentes como a nossa, precisa-se usar métodos artificiais, em câmara fria. A geladeira cumpre este papel.